A influência da alavancagem financeira na rentabilidade dos investidores em empresas brasileiras

Morgany Rodrigues Jardim, Handerson Leônidas Sales, Alexandre Teixeira Norberto Batista, Roberto Silva da Penha

Resumo


A alavancagem financeira consiste na estratégia de aumentar a variação dos resultados em relação às receitas, devido às despesas financeiras advindas do uso de capital terceiros, como financiamento de investimentos. Contudo, nem sempre o adequado nível de endividamento de uma empresa é identificável claramente, e pode provocar uma alavancagem com perdas de resultados. Desse modo, este estudo objetivou verificar qual a influência da alavancagem financeira em relação à rentabilidade dos investidores nas empresas brasileiras. Adotaram-se métodos da estatística descritiva, com intuito de averiguar as correlações entre as variáveis estudadas: GAF e Endividamento; e GAF e ROE. Aplicou-se o teste t de Student para verificar se houve significância das médias das empresas que obtiveram GAF > 1 ou GAF ≤ 1. Os índices de correlação apresentaram-se de forma positiva, mostrando forte relação entre as variáveis. Concluiu-se que é significante o número de empresas que mantiveram sua situação favorável de alavancagem financeira com GAF > 1, tendo o retorno sobre o ativo superior à remuneração paga ao capital de terceiros, sempre atentas às proporções de capital de terceiros utilizados na composição da estrutura de capital.


Palavras-chave


Alavancagem Financeira; Endividamento; Estrutura de Capital; Rentabilidade

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21902/jbslawjbs.v12i2.35

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Foco (Journal of Business Studies and Law), e-ISSN: 1981-223X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.