SATISFAÇÃO E VALORES RELATIVOS AO TRABALHO: Estudo realizado com os colaboradores Beltrame Comércio de Materiais de Construção

Aline Mortari Machado, Vívian Flores Costa

Resumo


Desde as últimas décadas, no contexto organizacional, os colaboradores passaram a receber maior atenção de pesquisadores com o intuito de conhecer mais sobre os aspectos peculiares dos indivíduos e sobre o comportamento humano. Assim, tendo em vista a importância da temática, o objetivo principal deste estudo foi analisar a satisfação no trabalho e os valores relativos ao trabalho dos colaboradores da empresa Beltrame Comércio de Materiais de Construção. Para atingir o objetivo proposto, foi
realizada uma pesquisa quantitativa através da aplicação de um questionário na força de trabalho contendo a Escala de Satisfação no Trabalho (EST), proposta por Siqueira (1995) e a Escala de Valores do Trabalho Revisada (EVT-R), de Porto e Pilati (2010), juntamente com questões para caracterizar o perfil sociodemográfico dos colaboradores. Como principais resultados, obteve-se que os colaboradores sentem-se, no geral, satisfeitos com a empresa e o principal valor orientador no trabalho é Segurança.

Palavras-chave


Gestão de Pessoas; Satisfação no Trabalho; Valores Relativos ao Trabalho.

Texto completo:

PDF

Referências


ANDRADE, R. O. B.; AMBONI, N. - Estratégias de Gestão: Processos e funções do administrador - Editora Elsevier, São Paulo, 2010, p. 59.

ANDRADE, T.; VIEIRA, K. M.; ESTIVALETE, V. F. B. & FILHO, R. B. A influência dos valores relativos ao trabalho nas decisões de carreira: um estudo sobre as perspectivas de discentes de instituições de ensino superior. REAd. Rev. eletrôn. adm.

(Porto Alegre), 2014, vol. 20, n.3, p.625.

BERGAMINI, C. W. Psicologia aplicada à administração de empresas: psicologia do comportamento organizacional. Editora Atlas, São Paulo, 1998, p. 19.

BORGES, L. O.; MOURÃO, L. Trabalho e as organizações - Atuações a partir da Psicologia. Editora Artmed, Porto Alegre, 2013

BORGES, L. O. A estrutura fatorial dos atributos valorativos e descritivos do trabalho. Estudos de Psicologia, 4(1), 107-139, 1999.

COELHO, F. A. J.; FAIAD, C. Evidências de Validade da Escala de Satisfação no Trabalho. Avaliação Psicológica, 2012, 11(1), pp. 111-121, 2012.

DELFINO, I. A. L.; LAND, A. G. & SILVA, W. R. - A Relação entre Valores Pessoais e Organizacionais Comparados aos Princípios do Cooperativismo - Revista Interinstitucional de Psicologia, 3 (1), pp. 67-80, 2010.

ESTIVALETE, V. F. B.; LÖBLER, M. L.; VISENTINI, M. S. & e, T. - Valores relativos ao trabalho e a relação com o comprometimento organizacional: a percepção dos colaboradores de uma empresa internacionalizada - Revista Base (Administração e Contabilidade) da UNISINOS, vol. 7, núm. 2, abril-junho, pp. 135- 148, 2010.

FONSECA J. J. S. Metodologia da Pesquisa Científica. Fortaleza UEC. Apostila, 2002.

GIL, A. C. Como elaborar projeto de pesquisa. 4. ed. - São Paulo: Atlas, 2002.

HACKMAN, R; PORTER, L.W. Predicciones de la eficiencia en el trabajo por la teoria de las expectativas. In: FLEISHMAN, E.A; BASS, A. R. (Orgs.). Estudios denpsicologia industrial y del personal. México: Editoral Trilhas, 1971. p. 295-304.

HERZBERG, F.; MAUSNER, B.; SNYDERMAN, B. The motivation to work. Nova Iorque: Wiley, 1959.

JESUS, M. S. P.; JESUS, J. S. - Medidas De Satisfação No Trabalho Em Uma Instituição De Ensino Superior - Revista Negócios Em Projeção Vol. 3 | Nº 2 – Nov. 2012

JIN, J.; ROUNDS, J. Stability and change in work values: a meta-analysis of longitudinal studies., Journal of Vocational Behavior v. 80, n.2, p. 326-339, 2012.

LOCKE, E. A. The nature and causes of job satisfaction. In M. D. Dunnette (Ed.), Handbook of industrial and organizational psychology (pp. 1290–1350). Chicago: Rand McNally, 1976.

LOPES, L. F. D.; MULLER, I.; SOUZA, A. M.; ANSUJ, A. P.; MOREIRA JUNIOR, F. J.; STRAZZABOSCO, F. & BORTOLUZZI, O. A. Caderno didático: Estatística geral. Santa Maria: UFSM, 2008.

MARQUEZE, E. C.; MORENO, C. R. C. Satisfação no trabalho – Uma breve revisão - Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, São Paulo, 30 (112): 69-79, 2005

MARTINS, M. C. F. Satisfação no trabalho: Elaboração de instrumento e variáveis que afetam a satisfação (Dissertação de Mestrado). Universidade de Brasília - Instituto de Psicologia. Brasília, 1984.

MATTAR, F. N. Pesquisa de Marketing, edição compacta. 5ª Ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2012.

NOGUEIRA, P. R.; PASQUALI, L. Satisfação no trabalho: construção de um instrumento. Arquivos Brasileiros de Psicologia, 33, 3-18, 1981.

PORTO, J. B.; TAMAYO, A: Escala de Valores Relativos ao Trabalho – EVT. Psicologia: Teoria e Pesquisa. Vol. 19 n. 2, pp. 145-152, Mai-Ago, 2003.

PORTO, J. B.; PILATI, R. Escala Revisada de Valores relativos ao trabalho– EVT-R. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 23, n.1, p. 73-82, 2010.

RAMPAZZO, L. Metodologia científica para alunos de graduação e pós-graduação. 3ª Edição. Edições Loyola, São Paulo, 2005

ROBBINS, S. P. Comportamento Organizacional - 11ª Edição, Pearson Education, São Paulo, 2006.

ROS, M.; SCHWARTZ, S. H. & SURKISS. S. Basic individual values, work values, and the meaning of work. Applied Psychology: An International Review, 48(1), 49-71,1999.

SCHERMERHORN, J. R.; HUNT, J. G. & OSBORN R. N. - Fundamentos de comportamento organizacioal, 2ª Edição, Editora bookman, Porto Alegre, RS, 1998.

SCHWARTZ, S. H. Universals in the content and structure of values: Theory and empirical tests in 20 countries. In: ZANNA, M. (Ed.). Advances in experimental social psychology. Nova Iorque: Academic Press, 1992.

SCHWARTZ, S. H. Valores humanos básicos: seu contexto e estrutura intercultural. In: TAMAYO, A.; PORTO, J. B. (Orgs.) Valores e comportamento nas organizações. Petrópolis: Vozes, 2005.

SIQUEIRA, M. M. M. Antecedentes de comportamentos de cidadania organizacional: a análise de um modelo pós-cognitivo. Tese (Doutorado em Psicologia) - Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília. Brasília, 1995

SIQUEIRA M. M. M.; PADOVAM, V. A. R. Bases teóricas de bem-estar subjetivo, bem estar psicológico e bem-estar no trabalho. Psicologia: Teoria e Pesquisa, Brasília, DF, 2004.

SIQUEIRA, M. M. M. - Medidas do comportamento organizacional: Ferramentas de diagnóstico e de gestão / SIQUEIRA, M. M. M. (Org.). – Editora Artmed, Porto Alegre, 2008.

TAMAYO, A. Contribuição ao Estudo dos Valores Pessoais, Laborais e Organizacionais. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 23, n. especial, 2007.

TAMAYO, A.; GONDIM, M. das G. C. Escala de valores organizacionais. RAUSP – Revista de Administração, São Paulo, v. 31, n. 2, 1996.

VIEIRA, K. M.; DALMORO, M. Dilemas na construção de escala de likert: o número de itens e a disposição influenciam nos resultados. Anais do Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 32, 2008.

VROOM, V. H. Work and motivation. Nova Iorque: Willey, 1964




DOI: https://doi.org/10.21902/jbslawrev.%20foco.v9i2.252

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Foco (Journal of Business Studies and Law), e-ISSN: 1981-223X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.