A EDUCAÇÃO PARA À SUSTENTABILIDADE: Um olhar para o avanço econômico proporcionado por uma Mineradora no município de São João da Boa Vista/SP

Romilson Cesar Lima, Sandra Regina Trevisan Gonçalves dos Santos

Resumo


A educação é considerada uma importante fonte de transformação do ser social. Provocações e novos desafios surgem a cada dia em busca de analisarmos se estamos atuando ou não de forma moral e ética. A sustentabilidade e o consumismo são características bem opostas, de um lado empresas que primam pelo progresso, oferecem vagas de empregos e beneficiam seres humanos
com suas atividades, do outro, uma nova educação, dotada de preocupações com a preservação ambiental. Considerado um dos assuntos mais comentados na atualidade, a educação para sustentabilidade está intrinsecamente ligada à solidariedade, respeito e afetividade e precisa estar conectada a três pilares: prosperidade econômica, respeito ao meio ambiente e proteção social.
Para isto, é necessário que as pessoas substituam o pensamento capitalista consumista, mantendo a sustentabilidade. Esta pesquisa teve o objetivo de identificar acontecimentos atuais provocados por uma mineradora no município de São João da Boa Vista e o quanto a conscientização pela Educação para a Sustentabilidade pode proporcionar para a localidade e humanidade. Investigouse a Lei Orgânica e Legislação Municipal a fim de evitarem a ação da mineradora e manter, sem maiores danos, o turismo local e regional.


Palavras-chave


Educação; sustentabilidade; sociedade.

Texto completo:

PDF

Referências


ADIZES, Ichak. Os ciclos de vida da organização: como e por que as empresas crescem e morrem e o que fazer a respeito. São Paulo: Pioneira, 1997.

ALMEIDA, V. S. Educação e liberdade em Hannah Arendt. Universidade de São Paulo, Educação e Pesquisa, São Paulo, v.34, n.3, p.465-479, set./dez., 2008.

ALVES, Nelson Aparecido. Manual de Gestão da Qualidade. Campinas: Emopi Gráfica e Editora Ltda., 1999.

ASSAF NETO, Alexandre. Finanças Corporativas e Valor. 6ª. Edição. São Paulo: Atlas, 2012.

BOFF, Leonardo. Saber cuidar: ética do humano – compaixão pela terra. 9. ed. Petrópolis: Vozes, 1999.

BRANDAO, C.R. Os caminhos cruzados: formas e pensar e realizar a educação na America Latina. In: GADOTTI M; TORRES C. A. Educação popular: utopia latino-americana. São Paulo: Cortez/Edusp, 1994, p.23-49.

BRASIL., Lei n. 6.938 de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a política nacional de meio ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação e dá outras providencias. ]on-line ].

Diário Oficial da Republica Federativa do Brasil, Brasília (DF), 02 set 1981. Secai 1, p. 16509. Disponível em: htpp://www.senado.gov.br/legbras/. Acessado em: 19 ago. 2003.

FOLHA. Brasil é o 8º país com mais adultos analfabetos, aponta UNESCO. Acesso em: 03 jun. 2014.

CANEPA, Carla. Educação ambiental: ferramenta para a criação de uma nova consciência planetária. Revista de Direito Constitucional e Internacional. São Paulo, v. 12, n. 48, p. 158-166, jul.-set. 2004.

CAMPOS, Vicente Falconi. Qualidade Total. Padronização de Empresas. Belo Horizonte: Editora de Desenvolvimento Gerencial, 1999.

CÉSAR, M. R. A; DUARTE, A. Hannah Arendt: pensar a crise da educação no mundo contemporâneo. Universidade Federal do Paraná, Educação e Pesquisa, São Paulo, v.36, n.3, p.823-837, set./dez., 2010.

MACEDO. Macedo. Cinco estudos de educação moral. Jean Piaget. - São Paulo: Casa do Psicólogo, 1996. - (Coleção psicologia e educação) Os procedimentos da educação moral – Jean Piaget.

COLLINS, James Charles; PORRAS, Jerry, I. Feitas para durar: práticas bem-sucedidas de empresas visionárias. Rio de Janeiro: Rocco, 1995.

COMISSAO NACIONAL DA UNESCO. Disponível em:

. Acesso em: 10 mai. 2015.

DOLABELA, Fernando. O segredo de Luísa - uma idéia, uma paixão e um plano de negócios: como nasce o empreendedor e se cria uma empresa. São Paulo: Cultura Editores Associados,

DOLABELA, Fernando. Oficina do empreendedor. A metodologia de ensino que ajuda a transformar conhecimento em riqueza. São Paulo: Cultura Editores Associados, 1999.

FAHEY, Liam; RANDALL, Robert M. MBA: curso prático/estratégia. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

FRAIMAN, Ana P. O chefe dos meus sonhos! Aquele que você deseja ser e com quem gostaria de trabalhar. São Paulo: Alexa Cultura, 2008.

FREIRE, P. A concepção “bancária” da educação como instrumento da opressão. Seuspressupostos, sua critica. In: ____________________. Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro,

Ed. Paz e Terra, 1994.

FREITAS, J. L. (2010). A crise da educação moderna segundo Hannah Arendt. Revista de Filosofia, Amargosa, Bahia – Brasil, v.2, n.2, dezembro/2010.

GEUS, Arie de. A empresa viva. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

GOMES, Daniela Vasconcelos. Rev. eletrônica Mestr. Educ. Ambient., v.16, janeiro junho de 2006.

GUIMARAES, M. Educação ambiental: no consenso um embate? Campinas: Papirus, 2000 (Coleção Papirus Educação).

KOTLER, Philip. Administração de marketing: a edição do novo milênio. São Paulo: Prentice Hall, 2000.

Mais uma vez São João é alvo de Mineradoras. . Acesso em: 19 mai. 2014.

MEDINA, Naná Mininni; SANTOS, Elizabeth da Conceição. Educação ambiental: uma metodologia participativa de formação. 2. ed. Petrópolis: Vozes, 1999.

MELLO E SOUZA, N. Educação ambiental: dilemas da pratica contemporânea. Rio de Janeiro: Thex/Universidade Estácio de Sá, 2000.

PORTAL DO MEIO AMBIENTE. Mineradora começa a desmatar área em São João. Acesso em: 19 mai. 2014.

NADLER, David; GERSTEIN, A. Mark. Arquitetura Organizacional: a chave para a mudança empresarial. Rio de Janeiro: Campus, 1993.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 2. ed., São Paulo, Cortez, Brasília, DF: UNESCO, 2000.

PELICIONI, MC. F. Educação em Saúde e educação ambiental: estratégias de construção da escola promotora da saúde. São Paulo, 2000. Tese (Livre-docência). Faculdade de Saúde Publica

da USP.

PHILLIP JR, A.; PELICIONI, M.C.F. Alguns pressupostos da educação ambiental. In: PHILIPPI JR, A. PELICIONI, M.C.F (Eds.). Educação ambiental: desenvolvimento de cursos e projetos. 2.ed. São Paulo: Sigmus, 2002, P.3-5.

PIAGET, J. Para Onde Vai a Educação? Rio de Janeiro, José Olympio, 1974.

POPCORN, Faith. O Relatório Popcorn: centenas de idéias, novos produtos, empreendimentos e

novos mercados. Rio de Janeiro: Campus, 1993.

PORTER, Michael. Vantagem competitiva: criando e sustentando um desempenho superior. Rio de Janeiro: Campus, 1989.

REIGOTA, M. Educação ambiental: fragmentos de sua historia no Brasil. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 1999, p 37-55.

_____________; BARCEOS, V. C. L. Tendências da educação ambiental brasileira. Santa Cruz do Sul: Edunisc, 1998, p 11-25.

IBGE. Resultado por Estados do censo demográfico de estudantes. 2015a Site:. Acesso em: 03 jun. 2014.a

IBGE. Resultado das Cidades referente o município de São João da Boa Vista. 2015b. Site:

da-boa-vista>. Acesso em: 03 jun. 2014.

SENGE, Peter M., A quinta disciplina: Arte e prática da organização que aprende. São Paulo: Best Seller, 1990.




DOI: https://doi.org/10.21902/jbslawrev.%20foco.v8i1.201

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Foco (Journal of Business Studies and Law), e-ISSN: 1981-223X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.