O PROGRAMA EDUCACIONAL DE RESISTÊNCIA ÀS DROGAS E A IMAGEM INSTITUCIONAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESPÍRITO SANTO

Karina Bortoluzzi

Resumo


Identifica, com fundamento na percepção dos responsáveis pelos discentes atendidos, como o Programa Educacional de Resistência às Drogas (PROERD) influencia a imagem institucional da Polícia Militar do Espírito Santo (PMES). O tema é relevante, pois intenciona observar o PROERD por um aspecto ainda pouco analisado, o da imagem institucional e sua potencialidade como ferramenta de marketing. Aborda os diferentes conceitos de imagem e marketing. Analisa, ainda, a relação da atuação preventiva e a missão constitucional elencada para as Polícias Militares. Apresenta o histórico do PROERD e sua adequação ao texto da Constituição. Demonstra, por meio de questionários e suas respectivas representações gráficas, a percepção do público acerca da relação do PROERD com a imagem institucional da PMES e traz, a seu tempo, por meio da pesquisa de campo, a boa avaliação do público quanto à efetividade do programa. Conclui que o PROERD possui características correspondentes ao modelo de marketing social e que está intimamente ligado à atividade-fim da PMES. Infere, segundo a percepção do público, a grande efetividade do Programa e sua correspondência aos valores institucionais da Corporação. Responde ao problema de pesquisa ao concluir que a aplicação traz melhorias significativas na imagem da instituição e, por isso, tem condições de tornar-se ferramenta de marketing social da Polícia Militar.

Palavras-chave


Imagem Institucional; Marketing; PROERD; PMES; Atuação preventiva.

Texto completo:

PDF

Referências


ADORNO, Sérgio. Exclusão socioeconômica e violência urbana. Sociologias, Porto Alegre, v. 8, n. 4, p.84-135, jul. 2002.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal, 1988. Disponível em: . Acesso em: 25 maio. 2016.

____________. Decreto Federal nº 88.777, de 30 de setembro de 1983. Aprova o regulamento para as polícias militares e corpos de bombeiros militares (R-200).Disponível em:. Acesso em: 01 jun. 2011.

____________. CNCG, Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares do Brasil. Carta de Fortaleza: Considera o Programa Educacional de Resistência às Drogas o seu projeto de prevenção ao uso e tráfico de drogas no Brasil. Fortaleza, 2001.

____________. CÂMARA TÉCNICA PROERD DO CONSELHO NACIONAL DE COMANDANTES-GERAIS DAS POLÍCIAS MILITARES E DOS CORPOS DE BOMBEIROS MILITARES (Brasil). Parecer nº0001 de 21 de dezembro de 2010. Ofício ao Gabinete da Presidência do Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares e dos Corpos de Bombeiros Militares. 21 dez. 2010. São Paulo. Pág. 01-05.

____________. MINISTÉRIO DE JUSTIÇA. 1ª Conferência Nacional de Segurança Pública: Texto-Base. Brasília, 2009. 40 p.

CALHAU, Lélio Braga. Resumo de Criminologia. 4. Ed. Niterói: Impetus, 2009. 126 páginas.

ESPÍRITO SANTO. Constituição (1989). Constituição do Estado do Espírito Santo. Vitória, 1989. Disponível em: < http://www.al.es.gov.br.>. Acesso em: 28 maio. 2016.

ESPÍRITO SANTO. POLÍCIA MILITAR. Portaria n° 346-R, de 16 de abril de 2003. Institui o Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência. Boletim do Comando Geral, de 16 de abril de 2003. Vitória, 2003.

____________. POLÍCIA MILITAR. Online, 2016. PROERD. Disponível em: . Acesso em: 03 jul. 2016.

____________. POLÍCIA MILITAR. Online, 2016. Missão, Valores e Visão. Disponível em: . Acesso em: 04 jul. 2016.

____________. SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E RECURSOS HUMANOS. Online 2014. Equipe do Proerd recebe kit multimídia do Prêmio Inoves. Disponível em: . Acesso em: 04 jul. 2016

____________. SECRETARIA DE ESTADO DE GESTÃO E RECURSOS HUMANOS. O Prêmio. 2016. Online. Disponível em:. Acesso em: 04 jul. 2016.

FROEMMING, Lurdes Marlene Seide. Marketing Institucional. Rio Grande do Sul: Unijuí, 2008. 60 p.

HOUAISS, A. Dicionário eletrônico Houaiss da língua portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva. Versão 1.0. 1 [CD-ROM]. 2001.

KOTLER, Philip; ARMSTRONG, Gary.Princípios de Marketing. 7. ed. Rio de Janeiro: LTC – Livros Técnicos e Científicos, 1999.

KOTLER, Philip; ROBERTO, Eduardo L. Marketing Social: Estratégias para alterar o comportamento público. Rio de Janeiro: Campus. 1992.

MARCINEIRO, Nazareno. Polícia Comunitária: construindo segurança nas comunidades. Florianópolis. Insular. 2009.

MATHIAS, João Carlos Sproesser. A POLÍCIA MILITAR E AS POLÍTICAS PÚBLICAS MUNICIPAIS NA PREVENÇÃO CRIMINAL. Revista do Laboratório de Estudos da Violência da UNESP, Marília, v. 5, n. 5, p.24-36, maio 2010. Disponível em: < http://www2.marilia.unesp.br/revistas/index.php/levs/article/viewFile/1113/1001.>. Acesso em: 17 abr. 2016.

MOLINA, Antonio García-pablos; GOMES, Luiz Flávio. Criminologia. 8. ed. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2012. 5 v. (CiênciasCriminais).

MOREIRA NETO, Diogo de Figueiredo. Revisão doutrinária dos conceitos de ordem pública e segurança pública: Uma análise sistêmica.Data de publicação: 01/1988 Revista de informação legislativa, v. 25, n. 97, p. 133-154, jan./mar. 1988. Brasília.

RODRIGUES, Anderson Ricardo; PEIXOTO, Maria Gabriela Mendonça; SETTE, Ricardo de Souza. Marketing Social: Conceituação, Características e Aplicação no Contexto Brasileiro. Revista Espacios, Caracas, v. 33, n. 3, p. 1-17, 2012. Quadrimestral. Disponível em: . Acesso em: 05 nov. 2015

SILVA, Francisco Lourenço da; MARCANTONIO, Keliane de; BOEN, Kelly Cristina PORTILHO. Marketing social: investimento ou despesa? 2009. Disponível em: .Acesso em: 27 mar. 2016.

SUMARIVA, Paulo. Criminologia: Teoria e Prática. Niterói: Impetus, 2013. 136 p.

VAZ, Gil Nuno. Marketing Institucional: O mercado de idéias e imagens. 2. Ed. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2003.




DOI: https://doi.org/10.21902/jbslawrev.%20foco.v10i3.164

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Foco (Journal of Business Studies and Law), e-ISSN: 1981-223X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.