Gestão da aquisição e dos estoques de medicamentos: estudo de caso no Hospital Universitário de Brasília (HUB)

Carolina Dorneles Florêncio Costa, Patricia Guarnieri

Resumo


A profissionalização da logística, principalmente no que tange às compras e administração de estoques, pode ser uma das formas para otimizar recursos na administração hospitalar. O objetivo deste artigo é analisar a gestão de estoques e aquisição de medicamentos do Hospital Universitário de Brasília (HUB) sob o enfoque logístico. Foi realizada uma pesquisa aplicada, descritiva, com abordagem qualitativa, cujo procedimento técnico foi o estudo de caso, a unidade de análise foi a Farmácia Hospitalar do HUB. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas, análise documental e observação direta. A análise de dados baseou-se na análise categorial temática. Constatou-se que as principais dificuldades referem-se à falta de integração entre os departamentos e às limitações de software de gerenciamento de compras e estoques. Ademais, o cunho público da instituição impede o relacionamento colaborativo com fornecedores e é calcado por restrições orçamentárias que prejudicam a prestação de serviços.

Palavras-chave


Aquisição de medicamentos; Farmácia hospitalar; Gestão de Estoques; Logística.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, José. Sistemas de custos em organizações hospitalares – estudo de casos. Dissertação de Mestrado em Ciências Contábeis. Rio de Janeiro: ISEC/FGV, 1987.

ARAÚJO, A. L. A; UETA, J. M.; FREITAS, O. Assistência farmacêutica como um modelo tecnológico em atenção primária à saúde. Rev. Ciênc. Farm. Básica Apl., v. 26, n.2, p. 87-92, 2005.

ARAÚJO, Mônica Cristina Moraes. Uma análise da judicialização da saúde na aquisição e na distribuição de medicamentos e insumos no Brasil pelo Ministério da Saúde no período de 2010 a 2014. Trabalho de Conclusão de Curso da Especialização em Gestão da Saúde. Brasília: Universidade de Brasília, UnB, 2016

ARNOLD, J. R. Tony. Administração de Materiais. São Paulo, Editora Atlas S. A., 1999.

BARBIERI, J. C.; MACHLINE, C. Logística hospitalar: teoria e prática. São Paulo: Saraiva, ed. 1, 2006.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 1977.

BRAVO, Alfredo; MARIANO, Sandra. O papel dos sistemas de informação na modernização da gestão pública. Revista Eletrônica de Gestão Organizacional, v.4, n.1, p. 69-77, 2006.

CAMPOS, Elaine Aparecida Regiani de et al. Reverse logistics for the end-of-life and end-of-use products in the pharmaceutical industry: a systematic literature review. Supply Chain Management: An International Journal, v. 22, n. 4, p. 375-392, 2017.

CAVALCANTI, ANETTE CRISTINE FERREIRA; MARTENS, CRISTINA DAI PRÁ; BIANCOLINO, CÉSAR AUGUSTO. Análise da gestão da qualidade nas aquisições de produtos e serviços de saúde de um hospital público de São Paulo. Rahis, v. 11, n. 4, 2014.

DA SILVA, Renaud Barbosa. Logística em organizações de saúde. São Paulo: Editora FGV, 2015.

DAFT, R. Administração. 4. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1999.

FIGUEIREDO, Edmar; NETTO, Maria. Modelo de centralização de estoques para a logística de suprimento da exploração e produção da Petrobras: Pesquisa Operacional, v.2, n.2, p.137-158, 2001.

FREITAS, Felipe; MEDEIROS, Carlos; MELO, André. Aplicação de técnicas de gestão de estoques, como auxílio à tomada de decisões em compras públicas estaduais de medicamentos. In: XXVIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, 2008, Rio de Janeiro, p. 1-15.

GARCIA, Letiene; PEREIRA, Moacir; OSÓRIO, Wislei. Gestão dos parâmentros de estoque: estudo de caso de itens de medicamentos em farmácias hospitalares e convencionais. Revista Gestão Industrial, v. 5, n. 1, p. 109-121, 2009.

GUERRA, João; A proposal for the process of definition of safety stock of purchased items for make-to-order companies that manufacture complex products. Gestão & Producão, v.16, n.3, p. 424-434, 2009.

HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE BRASÍLIA. Institucional. Disponível em . Acesso em: 20 de out de 2013.

INFANTE, Maria; SANTOS, Maria. A organização do abastecimento do hospital público a partir da cadeia produtiva: uma abordagem logística para a área de saúde. Ciência & Saúde Coletiva, v. 12, p. 945-954, 2007.

LAVRATTI, Fábio; COLOSSI, Nelson; DELUCA, Marcelo. Considerações conceituais sobre Efficient Consumer Response (ECR) no contexto supermercadista. Revista de Ciências da Administração, v.4, n.8, p. 1-16, 2002.

MEDEIROS, M. G.; MOREIRA, L. M. F.; LOPES, C.C.G.O. Descarte de medicamentos: programas de recolhimento e novos desafios. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, v. 35, p. 651-662, 2014.

MIORANDO, Rogério; LEMOS, Fernando; FOGLIATTO, Flávio. Modelagem estocástica do Estoque de itens revisados periodicamente com pedidos sujeitos a múltiplas datas de entrega. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO - ENEGEP, 24, 2004. Anais Florianópolis: ABEPRO, 2004. p. 17-24.

MONTEIRO, Andrea; NÓBREGA, Mariana; MOREIRA, André; MEDEIROS, Vera. O impacto do e-procurement na obtenção de insumos hospitalares: o caso de um hospital da rede particular da cidade de João Pessoa. In: XVIII Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Ouro Preto, p. 1-7, 2003.

NOVAES, Mario; GONÇALVES, Antonio; SIMONETTI, Vera; AFONSO, Marina. Métodos gerenciais da indústria aplicados à farmácia hospitalar: proposta para redução de custos. In: IV Simpósio de Excelência em Gestão e Tecnologia, p. 1-15, 2007.

NOVAES, Mario; GONÇALVES, Antonio; SIMONETTI, Vera. Gestão das farmácias hospitalares através da padronização de medicamentos e utilização da curva ABC. In: XIII SIMPEP – Bauru, São Paulo, p. 1-8, 2006.

OLIVEIRA L.C. F.; ASSIS, M. M. A.; BARBONI, A. R. Assistência Farmacêutica no Sistema Único de Saúde: da Política Nacional de Medicamentos à Atenção Básica à Saúde. Ciência & Saúde Coletiva, 15(Supl. 3), 3561-3567, 2010.

OMS. ORGANIZAÇÃO MUNDIAL DE SAÚDE. Statistics. Disponível em: . Acesso em: 26 de set de 2013.

PORTELLA, Andrea. Padronização e custos: uma questão de logística hospitalar. [2001]. Disponível em: Acesso em: 10 de maio de 2014.

SANTOS, Nelson. Desenvolvimento do SUS, rumos estratégicos e estratégias para visualização dos rumos. Ciência & Saúde Coletiva, v. 12, n. 2, p. 429-435, 2007.

SILVA, Edna; MENEZES, Esterna. Metodologia da Pesquisa e Elaboração da Dissertação, p. 1-139 v. 54. Florianópolis: Universidade Federal de Santa Catarina, 2005.

SILVA, N. R.; ABJAUDE, S. A. R.; RASCADO, R. R. Atitudes de usuários de medicamentos do sistema único de saúde, estudantes de Farmácia e farmacêuticos frente ao armazenamento e descarte de medicamentos. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada, v. 35, p. 317-323, 2014.

SOUZA, Antônio; GUERRA, Mariana; LARA, Cynthia; GOMIDE, Pedro; PEREIRA, Carolina; FREITAS, Deyse. Controle de gestão em organizações hospitalares. Revista de Gestão Universidade de São Paulo, v. 16, n. 3, p. 15-29, 2009.

YIN, R. K. Case study research: Design and methods. Vol. 5. Thousand Oaks (California): Sage Publications, 2003.




DOI: https://doi.org/10.21902/jbslawrev.%20foco.v11i2.159

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Foco (Journal of Business Studies and Law), e-ISSN: 1981-223X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.