A PERCEPÇÃO DE CONSUMIDORES DE FRANQUIAS VIRTUAIS EM UMA EMPRESA DE COSMETICOS BRASILEIRA

Paula Narita Ebert, Lurdes Marlene Seide Froemming

Resumo


Um dos grandes desafios do varejo é compreender o comportamento dos consumidores em um mercado em constante evolução e desenvolver estratégias e vantagens competitivas nos canais de distribuição. Este estudo tem como objetivo descrever o desenvolvimento da franquia virtual como um novo canal de distribuição no varejo, desvelando as tendências desse setor através das percepções dos clientes de Franquias virtuais. O estudo fundamentou-se em uma pesquisa de abordagem qualitativa, exploratória e descritiva, constitui-se em um estudo de caso e utilizou-se da pesquisa netnográfica, realizada com consumidores virtuais. A pesquisa revelou, como principais resultados para a empresa, a obtenção de um banco de dados atualizado com informação sobre o perfil e hábitos de compras de seus clientes, a possibilidade em conquistar clientes que não tinham afinidade com vendas presenciais e o engajamento de propagação virtual, além de aumentar sua participação mercadológica. O estudo apresenta contribuições acadêmicas, sociais e mercadológicas.

Palavras-chave


Comércio eletrônico; Canais de distribuição; Franquias virtuais; Estratégia

Texto completo:

PDF

Referências


ABF. Associação Brasileira de Franchising. Guia oficial de franquias no Brasil. 2015. Disponível em: . Acesso em: 12 maio 2015.

BOYD, D.; ELLISON, N. Social network sites: definition, history, and scholarship. Journal of Computer-Mediated Communication online, Indiana, v.13, n.1, 2007. Disponível em: . Acesso em: 12 dez. 2015.

BRASIL. Lei nº. 8955, de 15 de dezembro de 1994. Dispõe sobre o contrato de Franquia Empresarial (franchising) e dá outras providências. Diário Oficial [da] União, Brasília. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2015.

CASTELLS, M. A sociedade em rede. São Paulo: Paz e Terra, 1999. v. 1.

CHERTO, M. et al. Guia oficial do instituto franchising 2005. São Paulo: ADC, 2005.

COELHO, F. U. Manual de direito comercial: direito de empresa. 23. ed. São Paulo: Saraiva, 2011.

CORONADO, O. Controladoria no atacado e varejo: logística integrada e modelo de gestão sob a óptica da gestão econômica. São Paulo: Atlas, 2001.

DELOITTE. Os poderosos do varejo global: sem fronteiras em um ambiente multicanal. 2013. Disponível em: < http://www2.deloitte.com/br/pt/pages/consumer-business/articles/global-powers-of-retailing-2013.html>. Acesso em: 2 out. 2015.

EBERT. P.N.E. Franquias virtuais: o despontar de um novo canal de distribuição no varejo brasileiro. Dissertação de Mestrado – Faculdade Meridional Imed, Passo Fundo, RS. 2016. Disponível em: < https://www.imed.edu.br/Uploads/LibraryPeriodical/53b31ace-8342-456c-b861-fb64cffc9c54.pdf. Acesso em: 20 ago. 2017.

EBERT, P.N.E; FROEMMING, L.M.S Franquia virtual um novo canal de distribuição no varejo brasileiro: O caso da magazine Você. Vol..37, p.20. 2016. Disponível em: http://www.revistaespacios.com/a16v37n11/16371121.html Acesso em 23 de agosto de 2017.

E-BIT. Home-page. 2015. Disponível em: . Acesso em: 16 abr. 2015.

EMARKETE. Brazil ranks no. 10 for retail ecommerce sales worldwide. Disponível em: . Acesso em: 17 abr. 2015.

FERREIRA, M. C. L. Apresentação. In: FERREIRA, M. C. L. (coord.). Glossário de termos do discurso. Porto Alegre: UFRGS, 2001. p. 5-7.

FINELLI, A. Franquias virtuais são opções de negócio a baixo custo. Revista PEGN-online, São Paulo, 2013. Disponível em: . Acesso em: 4 out. 2015.

FINKELSTEIN, M. E. Aspectos jurídicos do comércio eletrônico. Porto Alegre: Síntese, 2004.

GARCIA, A. S. et al. Franquias para jovens empreendedores com enfoque em chocolate. 2013. Trabalho de Conclusão de Curso (Administração de Empresas) - Centro Universitário Metropolitano de São Paulo, Guarulhos, SP, 2013. Disponível em: < www.folgueral.com.br/.../TCC-Franquias-para-jovens-empreendedores-c>. Acesso em: 12

GREWAL, D. et al. Retail success and key drivers. In: KRAFFT, M.; MANTRALA, M. K. (Eds.). Retailing in the 21st Century: current and future trends. 2. ed. Berlin: Springer, 2010. p. 15-30.

GUMMENSSON, E. Marketing de relacionamento total: gerenciamento de marketing, estratégia de relacionamento e abordagens de CRM para a economia de rede. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HAIR JÚNIOR, J. F. et al. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, 2005.

HSIEN, H. W.; CÔNSOLI, M. A.; GIULIANI, A. C. Aspectos sobre a decisão de canais no pequeno varejo: a escolha entre o atacado e o atacarejo. Revista de Administração UFSM, Santa Maria, v. 4, n. 1, p. 91-104, 2011.

IFA. International Franchise Association. Informações sobre franchising no mundo. 2001. Disponível em: . Acesso em: 12 maio2015

IBOPE. Ibope e-commerce apresenta o perfil e o comportamento do comprador online. 25 out. 2013a. Disponível em:< http://www.ibope.com.br/pt-br/relacionamento/imprensa/releases/Paginas/IBOPE-e-commerce-apresenta-o-perfil-e-o-comportamento-do-comprador-online.aspx> Acesso em: 25 nov. 2015.

IDV. Instituto para o desenvolvimento do varejo. Conjuntura e comércio varejista. 2015. Disponível em: . Acesso em: 3 ago. 2015.

KOTLER, P. Administração de marketing: análise, planejamento, implementação e controle. 10. ed. São Paulo: Atlas, 2000.

KOZINETS, R. Netnografia: realizando pesquisas etnográfica online. São Paulo: Penso, 2014.

Lewin, A. Y.; Long, C. P.; Carroll, T. N. The coevolution of new organizational forms. Organization Science, v, 10, n. 5, p. 535-550, 1999.

LORENZETTI, R. L. Comércio eletrônico. São Paulo: Revista dos Tribunais, 2004.

MALHOTRA, N. K. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 6. ed. Porto Alegre: Bookman, 2012.

MORGAN, R. M.; HUNT, S. D. The commitment-trust theory of relationship marketing. Journal of Marketing, v. 58, p. 20-38, jul. 1994. Disponível em: . Acesso em: 10 dez. 2015.

NATURA. Relatório anual de responsabilidade corporativa. São Paulo: Natura, 2005.

_____. Rede Natura. 2015b. Disponível em: . Acesso em: 20 abr. 2015.

OECD. Organisation for Economic Co-Operation and Development. Electronic and mobile commerce. OECD Publishing, 2013.

PARENTE, J. Varejo no Brasil: gestão e estratégia. São Paulo: Atlas, 2000.

PEPPERS, D.; ROGERS, M. Marketing: retorno sobre clientes: um modo revolucionário de medir e fortalecer o seu negócio. Rio de Janeiro: Elsevier, 2005.




DOI: https://doi.org/10.21902/jbslawrev.%20foco.v10i3.146

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Foco (Journal of Business Studies and Law), e-ISSN: 1981-223X

Rua Chile, 1678, Rebouças, Curitiba/PR (Brasil). CEP 80.220-181

Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.